quarta-feira, 15 de abril de 2015

Homossexualidade e Bissexualidade

Olá a todos! :)
Well, como disse há algum tempo eu queria começar a publicar coisas um pouco diferentes do usual, comecei com algumas imagens e depois fiz a minha primeira publicação, A Primeira Vez.
Já não é a primeira vez que escrevo sobre este tema, mas acho que o primeiro post foi pouco explorado, neste post eu queria aprofundar um pouco mais o tema, com base em pesquisas e whatever. Não vou falar sobre a heterossexualidade porque julgo haver muito mais informação sobre esta orientação sexual que não há para a homo e a bissexualidade.

Ser homossexual


Bem, para começar... Ser homossexual é uma pessoa ter a capacidade de amar ou sentir-se atraída por alguém do mesmo sexo.
Segundo algumas pesquisas que fiz, um homossexual comporta-se de duas maneiras distintas: sendo passivo ou ativo.
No caso das raparigas:
- Uma rapariga que se comporte de forma passiva, é uma rapariga que, durante a relação sexual, apenas recebe carinho e assim.
- Já uma rapariga que se comporte de forma ativa, é basicamente, aquela que toma iniciativa e que (segundo o que li) "faz o trabalho todo"
No caso dos rapazes, já é um pouco diferente:
- Um rapaz que seja passivo, é um rapaz que (desculpem a expressão, mas...) "dá o rabo".
- E um rapaz que seja ativo é aquele que "come"
É óbvio que depois há aquelas pessoas que tanto podem ser passivas como ativas, dependendo, muitas vezes, do/a parceiro/a.



Ser bissexual



Normalmente, uma pessoa é bi(ssexual) quando esta demonstra desejo e atração pelos dois sexos, ou seja, por pessoas do mesmo sexo e do sexo oposto.
Em termos físicos um bi pode ser (tal como um homo) passivo ou ativo, não vou explicar outra vez.
Em relação à parte psicológica, uma pessoa pode ter preferência por um dos sexos ou então sentir-se atraído do mesmo modo, sem notar diferença, pelos dois sexos.
- Ser bi com preferência gay é quando um rapaz sente maior desejo/atração por outro rapaz.
- Ser bi com preferência lésbica é quando uma rapariga sente maior desejo/atração por outra rapariga.
- Ser bi sem preferência é quando independentemente de ser rapaz ou rapariga, a pessoa sente desejo/atração com a mesma intensidade por ambos os sexos.

Qual a tua opinião sobre a homo e a bissexualidade?




Como já disse aqui, o que interessa é serem felizes. Que me importa a mim se és gay, bi, lésbica ou hetero? O que define uma pessoa é o seu caráter e não a sua orientação sexual!  A homossexualidade e a bissexualidade sempre existiram porém são orientações muito criticadas pela sociedade, modelada em grande parte pela igreja, que leva, por vezes, a pessoas destas orientações sexuais a sentirem-se culpadas. Mas, na minha opinião, essas pessoas não têm que se sentir culpadas, elas não escolheram ter esta orientação, portanto sejam felizes e tentem ignorar ao máximo as bocas da sociedade.

O que leva alguém a pensar ser homossexual/bissexual? Qual a reação que se pode esperar dessas pessoas?

Talvez um dos fatores que contribua para o facto de alguém começar a pensar que é homossexual, é talvez, começarem a descobrir o desejo que sentem em relação a pessoas do mesmo sexo ou pelos dois sexos, no caso da bissexualidade. É claro que isto por vezes (acho que) pode ser confuso. Porque todos nós passamos por aquela fase de começarmos a descobrir a sexualidade, mais ou menos por volta dos 13 anos, e acredito que muita gente possa ter dúvidas no inicio.
Em relação á reação da pessoa, penso que depende, essencialmente, do tipo de educação e do modo como a família possa pensar relativamente à bi e à homossexualidade. Mas acho que mesmo aqueles que são super abertos em relação ao tema, no início se descobrirem que são homossexuais/bissexuais, apesar de poderem não sofrer com isto, passam sempre por aquela fase da negação, também existem mesmo pessoas que começam a sentir nojo delas próprias, bem acho que o primeiro passo deve ser tentar corrigir essa atitude. Depois... A aceitação, às vezes, vem um pouco mais tarde. Mas acho que devem sempre confiar num amigo ou procurar alguém e falar abertamente sobre o que se passa, apesar de acreditar que seja difícil, ajuda sempre.
Não acho que seja um bicho de sete cabeças ser gay/lésbica ou bi, não ponho sequer em causa as pessoas sentirem vergonha, acreditem em mim, não é vergonha! Vergonha é ter preconceito. Mas como disse no início, o tempo de aceitação depende  muito do tipo de educação da família onde cresceram e ser assumido depende ainda mais da sociedade.



Existem diferenças entre as reações á homossexualidade e á bissexualidade?

Penso que a forma como se lida com a bissexualidade é parecida á forma como se encara a homossexualidade. Por vezes mais fácil, mas outras vezes mais confuso. 
Quando descobrem há sempre aqueles "porquês", a dificuldade em aceitarem-se exatamente como são e assumirem-se sem medos. Parece fácil mas acredito que seja bastante complicado lidar com isto, principalmente se a família de onde vem for "antiquada". 
Depois temos uma sociedade de merda (desculpem o termo, mas é a realidade), grande parte das pessoas considera isto tabu, apesar de a homo e a bissexualidade sempre terem existido, o que também não ajuda nada.

Mas como se deve, afinal, lidar com "isto"?


Bem, acho que o primeiro passo é corrigir qualquer tipo ser opinião negativa que se possa ter em relação ao tema, em seguida vem a aceitação... Não te preocupes se tens uma orientação sexual "diferente", considera-te antes especial, afinal não é toda a gente que tem a capacidade de sentir desejo e prazer com os dois sexos... Não deixas de ser normal só porque os teus gostos diferem dos dos outros, todos nós somos humanos e todos nós temos a capacidade de viver diferentes emoções, tens o direito de ser tão  feliz quanto  os heterossexuais.
Penso que deves sempre contar a alguém, pode ser o/a teu/tua melhor amigo/a, podes procurar alguém com quem possas falar abertamente sobre estes assuntos, mas nunca guardes para só para ti, é muito melhor se tiveres o apoio de outra pessoa, mesmo que ao inicio pareça difícil falar sobre o tema. 
Se precisarem de ajuda visitem o blog Born This Way, é de um rapaz que eu conheço, ele é bissexual e partilha a sua experiência, acho que se estiverem a passar por isto e sentirem dificuldades ele vos pode ajudar. De qualquer das maneiras, se precisarem de conselhos, não hesitem em contactar-me!!

Alguma conselho? Porque decidiste escrever sobre isto?


Well... Conselhos? Acho que falei um pouco de tudo ao longo do texto, não tenho grande coisa a acrescentar, mas reforço: nunca guardem só para vocês, acredito que possa ser muito complicado contar a alguém, mas pode ser também muito difícil não partilharem com ninguém. Dou-me bem com um rapaz bissexual, ele diz que demorou cerca de 3 meses para se assumir, pois tinha medo da minha reação, mas ele agora fala que foi a melhor coisa que fez e que, agora sim, se sente mesmo bem! Portanto falem, conversem, digam o que sentem. 
Um outro conselho que tenho é, USA SEMPRE PRESERVATIVO, ao teres relações com pessoas do mesmo sexo pode-se não correr o risco de engarvidar, mas está-se sempre exposto ás DST's (Doenças Sexualmente Transmissíveis) independentemente do sexo da outra pessoa.
Agora, o porquê de ter decidido escrever sobre o assunto, foram duas simples razões, a primeira é que eu já há algum tempo que queria fazer um post assim do género, a segunda razão foi o facto de ter recebido um mail de uma rapariga de diz ter 14 anos e estar a sentir-se confusa quanto á sua orientação sexual, portanto aproveitei a deixa.
Se queres a minha opinião sincera, eu acho normal estares com essas dúvidas todas, pois estás na idade de começar a aprofundar o que é a sexualidade, começas a descobrir novas emoções, novos desejos... O facto de teres namorado e gostares dele, não quer dizer que não possas começar a sentir atração por raparigas, bem acho que o que pode estar a acontecer é que estás a descobrir ou uma nova orientação sexual (a bissexualidade, na minha opinião) ou então podes estar apenas confusa, mas olha aconselho-te a visitares o blog que falei mais acima, acho que te poderá ajudar melhor que eu, mas de qualquer das maneiras espero ter-te conseguido ajudar, minimamente.


Espero que tenham gostado e até ao próximo post! :)

4 comentários:

  1. obg por teres escrito isto, acho que me pode ajudar imenso.
    adorei a forma cm explicast as coisas, acho q vou ler o blog q falast
    obg mais 1 vez por n teres ignorado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, não precisas de agradecer! ;) Sempre que precisares podes escrever.
      Fazes bem em visitar o blog, acho que este rapaz de pode ajudar muito mais que eu
      Beijinho

      Eliminar
  2. sou gay e n me envergonho do dizer! ta claro q n contei a meio mundo mas as pessoas mais importantes sabem, so o meu irmao + novo e que inda n pq axamos inda ser mt novo! custou contar, mas foi a melhor coisa que pude ter feito!
    bom tema! bem escrito!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que fizeste muito bem, obrigada pelo comentário! :)

      Eliminar