segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Pensar o sentir

No outro dia uma amiga minha enviou-me uma mensagem a dizer que estava com dúvidas sobre o que sentia pelo boy dela, basicamente o que lhe estava na cabeça era a pergunta "Será que gosto mesmo de ti ou isto é porque temos necessidade de ter alguém?", mas pelo que parece ela e o namorado (também) só começaram a pensar nisto só lhe apareceu porque uns amigos deles acabaram e ele ficou super revoltado quando a outra rapariga enviou uma mensagem ao rapaz a pedir desculpa e a dizer que não gostava mais dele, e o boy desta minha amiga ficou com o medo de isto possa acontecer e que ele a pudesse magoar ou vice-versa.
O que eu lhe disse foi que nós podemos amar uma pessoa do fundo do nosso coração e que essa mesma pessoa pode ser tudo para nós, mas que somos novas, vão existir muitas paixões na nossa vida. Na adolescência vivemos o primeiro amor, o primeiro beijo e normalmente a primeira vez. É normal que por vezes estejamos apaixonados  por uma pessoa, mas que passados uns anos já não continuemos a sentir o mesmo, com os adultos também acontece.
E para ser sincera, se eles tinham a certeza do que sentiam antes desse casal se separar, porquê começar agora com as dúvidas? Têm é que aproveitar cada momento, não vale a pena pensar tanto no futuro, até porque às vezes é por esta razão que algumas relações acabam. Como disse no início, ainda somos novas, ainda temos muito para viver. Ela que aproveite os momentos como ele agora, afinal, o facto de ter acontecido com os outros não quer dizer que aconteça com eles...
E para dizer a verdade, esta conversa que tive com ela fez-me pensar se o que eu sinto por ele ainda se mantém igual, afinal nós agora com as ferias afastamo-nos, aconteceram várias coisas entre nós, algumas que me deixaram triste com ele, coisas que, enfim, coisas que marcam... Mas no fim de refletir a conclusão a que cheguei foi exatamente a mesma que tive em Outubro (apesar de, no blog, só o ter divulgado em Novembro), o que eu sinto por ele eu nunca senti pelo meu ex e eu pensei mesmo muito, pús lado a lado esta distância juntamente com os últimos acontecimentos e tudo o que de bom já aconteceu na nossa amizade, tudo o que já passamos juntos, e principalmente com o que eu sinto... A verdade é que,  nada do que possa acontecer de mal me consegue fazer esquecê-lo, pelo menos não agora, não sei o futuro e só sei que por agora apesar de querer tirá-lo do meu coração (não como amigo, porque isso já não sei como seria viver sem o ter conhecido) e manter a nossa amizade de sempre, sem estes sentimentos, apenas aquela união que sempre tivemos e que ainda temos, afinal estamos de férias, cada um ter andado ocupado com tudo e mais alguma coisa, ele ia ao estrangeiro nestes dias, é normal que esta distância existisse, mas julgo que no começo das aulas ela volte a desaparecer... 

4 comentários:

  1. Respostas
    1. Muito obrigada! :)
      Segui de volta!
      Beijinhos <3

      Eliminar
  2. Tens muito jeito para escrever! Se puderes passa no meu blog (sou nova aqui). Beijinhos!

    Morning Knot

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, vou ver o teu blog ;) Beijão*

      Eliminar