terça-feira, 27 de outubro de 2015

Vanir

Eu sei, não publiquei nem no Domingo nem ontem, mas estive a estudar para português e acabava sempre por não ter tempo de escrever o post...


Todos nós sabemos que um espantalho é um boneco que se coloca nos campos de plantação para se espantar as aves e os roedores. Mas interessantes mesmo são as lendas que existem sobre este boneco.
Aqui estão algumas:
Significado do Espantalho
Há uma tradição que diz que cada tipo de espantalho tem um significado diferente :
- Espantalho sem a cabeça = Se estiveres a passar por uma região rural e vires um espantalho sem a cabeça é sinal que alguém da tua família falecerá em breve.
- Espantalho sem a mão = Se vires algum espantalho sem uma das mãos é sinal de traição.
- Espantalho sem os pés = Se vires algum espantalho sem os pés é sinal que alguém está com uma grande inveja de você e por isto é capaz de prejudica–lo.
- Espantalho com cabeça de abóbora = Nunca faças um espantalho com cabeça de abóbora , pois ele traz azar.

DESCRIÇÃO GERAL


Os Vanir eram Deuses nórdicos da prosperidade que mantinham as colónias longe do perigo. Algumas vilas construíam bonecos dos Vanir nos campos e pomares, tipos de espantalhos. Outras faziam sacrifícios humanos, sempre um homem e uma mulher, pois o Vanir precisa de um sacrifício anual de um casal para que mantenha a cidade próspera e longe de perigos, como pragas e secas. As pessoas que habitam na cidade protegida pelo Vanir precisam de alimentar os casais antes de sua morte e encaminhá-los até o próximo pomar, onde se encontra o espantalho em homenagem ao Deus pagão, que no início do ciclo da colheita, incorpora o espantalho e mata as suas vítimas.

Detalhes adicionais...


Pagão: Alguém que segue uma religião politeísta ou panteísta antiga e, portanto, não segue nenhuma das principais religiões do mundo, especialmente se não for Cristão, Muçulmano, ou Judeu.


Antiga Mitologia Nórdica: Esta mitologia refere-se à religião pré-Cristã, crenças e lendas de Escandinavos, incluíndo aqueles que se estabeleceram na Islândia. No folclore escandinavo, existem crenças que duraram muito tempo, e em áreas rurais algumas tradições ainda são praticadas. A mitologia Nórdica é a versão mais conhecida do antigo paganismo Germânico e da mitologia Germânica, que também inclui algumas mitologias similares à Anglo-Saxónica. A mitologia foi passada de boca em boca, através de extensas e regulares poesias. A transmissão oral continuou através da Era Viking e nosso conhecimento sobre ela é principalmente baseado em textos medievais, escritos antes, durante e após a Cristianização. Não era uma religião em que Deuses ensinavam aos imortais, mas há mitos onde Deuses visitam pessoas normais, ou mortais visitam o divino.


Os Vanir: Na mitologia Nórdica, os Vanir são originalmente um grupo de Deuses selvagens da fertilidade, inimigos de Deuses guerreiros de Aesir. São considerados por serem aqueles que trazem saúde, juventude, fertilidade, sorte e fortuna, e mestres da magia, também conhecidos por proporcionar proteção e prosperdidade, e por manter o local em que se estebeleceram a salvo do mal. Alguns agricultores constroiem figuras dos Vanir em plantações, enquanto outros praticam o sacrifício humano, constituído por um homem e uma mulher.

Como exterminá-los?


O Vanir recebe o poder de uma árvore sagrada e só pode ser destruído quando a árvore é queimada.

Sem comentários:

Enviar um comentário