quarta-feira, 1 de junho de 2016

Somos todos crianças

Quando era pequenina o Dia da Criança era um dia de festa, esperava ansiosa para que chegasse, era o meu dia! Hoje, não que já seja muito crescida, não que ainda seja assim, apenas não sou mais aquela menina ingénua e inocente, mas, apesar disso, não deixei de ser criança.
Sim, porque no dia em que deixarmos de ser crianças é porque morremos... No dia em que deixarmos de ser crianças, deixamos também de ser felizes. 
Não temos mais aquela inocência no olhar... Não temos mais aquela ingenuidade... Mas continuamos a viver! Para isso, é essencial que o espírito aventureiro da infância permaneça em nós, para continuarmos a ser felizes, temos que continuar a ter aquela criança dentro de nós e por muito escondida que ela esteja, um dia iremos deixá-la sair cá para fora!

Sem comentários:

Enviar um comentário