quarta-feira, 6 de julho de 2016

➳ 7 weeks 7 songs

Oi oi, o segundo post desta nova rubrica do blog é sobre as minhas músicas favoritas e aquelas com que mais me identifico.


1. Warrior - Demi Lovato
Não é que seja a minha música favorita mas é sem dúvida aquela com que mais me identifico, talvez devido à minha história, I don't know... Amo a música, é quase como se a Demi a tivesse escrito especialmente para mim (sonhando ahahah). Agora a sério, tem uma letra bastante forte e pode ser interpretada das mais diversas formas.


2. Living in Sin - Bon Jovi
Living in Sin faz parte das minhas paixões, é das músicas que mais amo do Bon Jovi, adoro o videoclip e a interpretação que se pode fazer não só da letra mas também do modo como está realizado o vídeo da música. É-nos contada a história de um amor proibido, pois os apaixonados estão a viver em pecado (traduzindo a letra), apesar de, para eles, ser considerado amor. 


3. You Raise Me Up - Martin Hurkens
Bem sei que You Raise Me Up não é um original de Martin Hurkens, mas é a versão que mais gosto e que mais me faz emocionar. É uma música que tem um grande impacto para mim, é muito forma a forme como é cantada, faz-me lembrar que haverá sempre alguém que me fará continuar a lutar pelo que mais amo, no meu caso, acredito que seja o meu avô.


4. I'm not Gonna Miss You - Glen Campbel
Esta música contém uma letra que causou uma grande emoção para mim quando o meu avô piorou do Alzheimer. A forma como a interpreto é como se tudo o que ela transmite fosse o que o meu avô diria se tivesse a noção do que se estava a passar. Já falei dela num outro post, não tenho muito para dizer em relação a esta música, apenas que é uma das que mais emociona devido ao que significa para mim.


5. Bed of Roses - Bon Jovi
Quem não ama Bed of Roses? Impossível não nos apaixonarmos pela letra, pelo videoclip, pela própria melodia! É uma música muito pessoal para o Jon, pois nela expõe muitos dos problemas que estava a enfrentar no momento. O primeiro verso reflete o que o Jon estava a sentir enquanto ele tentava escrever isto. Ele estava gravemente ressacado da noite anterior, mas tinha um piano no seu quarto de hotel e estava determinado a escrever algo. Na linha "While my mistress she calls me to stand in her spotlight again", "Mistress" é a indústria musical e o palco. "Spotlight" é a imprensa. Ele diz que a música é a sua "amante" para mostrar o que é uma emoção, mas também algo que talvez não lhe vá fazer nenhum bem.


6. Hopeful - Bars and Melody
Eu A-M-O esta música, faz-me refletir tudo o que já passei em relação ao bullying, aliás a letra é mesmo sobre este problema, o que faz com que eu me identifique imenso com ela. Não tenho palavras para falar sobre o significado que ela tem na minha vida, mas julgo também não ser preciso tê-las, acho que a letra da música fala por si mesma.


7. In Love - David Carreira
Bem, devem estar a pensar que sou louca, afinal passar de cantores como o Bon Jovi para David Carreira não será muito normal para muita gente, mas digamos que eu sou uma pessoa com um gosto musical que abrange os mais variados estilos de música. In Love é daquelas músicas que nos transmite paixão quase automaticamente, a sua história é quase perfeita e o videoclip é sem dúvida um dos meus favoritos.

Sem comentários:

Enviar um comentário